25/11/2008

NOSTALGIA...

Ah, velho Júlio, aos 65 anos ainda mantém uma aparência invejável para muitos homens da mesma idade. No entanto, o passar das décadas é sempre implacável, seja com as grandes estrelas ou os pobres mortais.

O grande ídolo das canções românticas já não é mais o mesmo. Anda com certa dificuldade, pernas bambas e pouco firmes que deixam claro que algo não vai bem com a saúde.

Mas ele faz questão de manter viva a atitude que fez dele um mito, o latin lover tão desejado pelas fãs.

Ao entrar na sala de imprensa, ocupou o ambiente com o vozeirão ainda forte, afinado!! Com um sorriso largo e jeito maroto, cumprimentou meia dúzia de jornalistas que aguardavam pela entrevista "exclusiva".

Cada uma das quatro emissoras presentes teria 8 minutos para perguntas e respostas. A entrevista poderia ser feita em um "bom portunhol", como bem definiu a assessora brasileira.

O salão do hotel que serviu de "stage" ficou mega-hipe iluminado.

Luzes, muitas luzes. Que quase nos derretiam. Exigência dos produtores de Julio Iglesias. Assim como as câmeras que ficariam obrigatoriamente a dez metros de distância do nosso entrevistado. E o enquadramento definido e "supervisionado" pela produção do artista, que não arredou o pé um só segundo do view -finder, a fim de assegurar que o plano da imagem só mostraria Julio Iglesias da cintura pra cima, com seu perfil direito.

Vaidade do cantor? Mostrar seu melhor ângulo. Esconder rugas e marcas deixadas pelo tempo? Com certeza!!! Comprometeu o resultado final do nosso trabalho. Mas era preciso respeitar as vontades da estrela. Tais exigências que beiravam o exagero foram compensadas pela simpatia do velho Julio. Muito educado, galanteador ao máximo, assanhadinho até. Cheio de perguntas sobre nossas vidas amorosas (éramos 4 mulheres repórteres a entrevistá-lo, cada uma com seus 8 minutos de exclusividade). E tivemos direitos a gracinhas, elogios, beijinhos, carinhos nas mãos.

Uma colega mais nova teve direito até mesmo a um selinho na boca, ahahaha! Assim que terminou a entrevista. Encantado com a moça, que se chama Manuela, nome de um dos grandes sucessos do cantor, ele avançou o sinal e deixou a pobre em uma baita saia justa!!!

Terminada a sessão de entrevistas, fomos todas pessoalmente convidadas por ele a participar do show, levar a família e etc. Em uma das poucas vezes que isso acontece, não pensei duas vezes antes de aceitar já pensando em como minha mãe ficaria feliz em assistir a um show do ídolo que cresci ouvindo.

Dito e feito, no dia seguinte lá estava eu, minha mãe, cunhada e mãe dela curtindo as baladas românticas do velho Julio!!

Nunca comprei um disco, mas foi interessante perceber como cada canção me era familiar. Conhecia cada uma delas e era capaz de acompanhar pelo menos os refrões.

No palco, ele esbanjou charme para fãs afoitas e ao lado das backing vocals, deu uma mostra do modelo "conquistador barato", mordendo e beijando as bochechas de uma das cantoras. O show durou quase duas horas!!

Fãs saíram do ginásio extasiados. Foi o último show da turnê no Brasil. Velho Julio não fala sobre o futuro. A voz continua linda, mas as pernas já não o acompanham tão bem pelo palco.

Pouco importa. O público, na maioria homens e mulheres na faixa dos sessenta anos, comemorou as quase duas horas de nostalgia. E foi comovente ver um casal com mais de 70 anos dançando uns passinhos logo à nossa frente.

Com certeza, a nostalgia também habita o coração do ídolo, saudoso dos velhos e bons tempos!!!

 

15:59 Écrit par Observatoire a dans Général | Lien permanent | Commentaires (5) |  Facebook |

Commentaires

Que legal! Adorei ler a experiência e o detalhe dos ângulos e luzes... ehhehe mas o melhor foi o show (com "la mamma"), também gostaria de vê-lo a cantar.
Eu estava dando uma olhada em umas coisas aqui e lembrei de vc na hora...

https://literaturadobrasil.websiteseguro.com/livro.php?livro=90&pg=82

vc tem esta revista? fala da história da tv e goiás :-D

e vc também sabe de uma revista chamada " "Historia em Goias" da kelps? parecem interessantes.

beijos pra vc

Écrit par : Vinícius | 25/11/2008

kkkkkkk
Minha amiga mais rock and roll no show do Julito!!!!
O mundo dá voltas mesmo.
Beijos

Écrit par : aline | 26/11/2008

Desconhecia este problema nas pernas dele,Monica. Mas assistir a um show dele deve ser muito gostoso. Lembro-me qdo suas musicas tocavam direto em emissoras de todos os estilos. No quesito romantismo,ele é insuperavel.
Beijos!!

Écrit par : DO | 26/11/2008

BONJOUR un petit bonjour en passant...
j espere que tu vas bien...
merveilleuse journée a toi...

COEURDENFANT

http://coeurdenfant.skynetblogs.be

Écrit par : COEURDENFANT | 27/11/2008

E um dia, você também, terá um partner sexagenário para chamar de seu, e com quem vc vai lembrar os bons tempos vividos, os filhos tidos, os problemas superados e, com certeza, vai dançar com ele, mas não será ao som do velho Júlio. Até lá, talvez ao som do velho Bono, não importa, mas seu partner estará lá ao seu lado, seu amor, seu amor, seu amor. bjs Pat Papini

Écrit par : Paty | 01/12/2008

Les commentaires sont fermés.