27/07/2006

ILHA DO BANANAL

Cá estou eu de volta de mais um temporada viajando a trabalho...desta vez o desino foi uma aldeia indígena, na Ilha do Bananal, estado do Tocantins...fomos acompanhar uma equipe de cineastas que produziu um documentário (excelente) sobre os últimos sobreviventes da etnia ava-canoeiro...dos mais de 3 mil, hoje restam somente nove...três deles vivem na Ilha do Bananal...a história é tirste, dramática...povo valente, nunca aceitou se entregar aos fazendeiros e por isso foram dizimados...o último massacre por posse de terras ocorreu em 1964...depois disso, eles passaram a se esconder de tudo e todos no meio da mata...um povo invisível...o mais velho deles que ainda vive, até a idade adulta nunca havia tido contato com nossa cultura...os dois grupos que resistem nunca aceitaram se unir e estão condenados ao desaparecimento, pois nao há mais como fazer casamentos entre os ava...

Apesar disto, foram dois dias lindos, num lugar paradisíaco...aprendo muito a cada contato com eles...ando tão atordoada com certas coisas que as vezes sinto a maior inveja dos índios, queria mesmo é fazer como eles, me embrenhar na mata e nunca mais sair dali...

Esclarecendo sobre o post anterior, Tereza me perguntou se era saudade da Bélgica...não, minha história com a Bélgica está muito bem resolvida...se trata de um passado ainda mais remoto...que andou rondando, assombrando recentemente, causando confusão no coração...mas vai passar...fazer o luto de pessoas que ainda estão muito vivas e tão próximas a nós( mesmo depois de 4 anos) é quase uma tortura...mas tem que ser feito...e costumo vencer os desafios aos quais me proponho!!!VAI PASSAR!

Bom, blog também é desabafo...se me permitem...beijinhos...

 

16:36 Écrit par Observatoire a dans Général | Lien permanent | Commentaires (4) |  Facebook |

Commentaires

IMPERDIVEL !! E vc acha que vou perder,MONICA. Se vc disse que é paradisiaco então,heheheh
Só não gostei qdo vc disse que queria se embrenhar na mata e não sair mais dali...
Se bem que ando assim tbem,heheheh
Beijos!

Écrit par : DO | 27/07/2006

Que gostoso!!! Que trabalho bom, hein!!! Nessas horas eu sinto saudade do jornalismo. Muitas felicidades pra você.

Écrit par : Teresa | 27/07/2006

interessante Muito triste isso ne? mas é legal vcs estarem mostrando essas coisas...pq senao a gente nunca fica sabendo.
Para resolver as coisas do coracao...só o tempo minha querida..:)
vou ver se consigo te ver por aqui...:)
beijos

Écrit par : Cristiani | 28/07/2006

cmvb,cmvncmvn v ncxbbzcmb zmbcjshgbxzxjcgshxg csgdxjhdgbxjhgdshcg shdgszvdhsagdsajh

Écrit par : anfksjdksj | 20/06/2008

Les commentaires sont fermés.